Fomento à educação profissional e tecnológica para o desenvolvimento econômico verde

Descrição resumida do projeto

Título: Educação Profissional para Desenvolvimento Econômico Verde e Empregos (Profissionais do Futuro)
Comissionado por: Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento (BMZ)
País: Brasil
Parceiro político: Ministério da Educação (MEC)
Duração: 2021 até 2024

Situação inicial

O Brasil é a maior economia da América Latina, com grande potencial para fortalecer os setores econômicos verdes, assim protegendo o clima. Dessa forma, atores políticos e econômicos demandam, cada vez mais, uma transformação verde. Isso inclui as energias renováveis e o investimento em bioeconomia e na economia circular.

Entretanto, partes do sistema brasileiro de educação profissional e tecnológica (TVET, na sigla em inglês) não estão suficientemente preparadas para formar especialistas nessas áreas. Ao mesmo tempo, o acesso à educação e ao emprego é reduzido para parte da população.

Iniciativas nacionais lideradas pelos ministérios da Educação e do Trabalho e Previdência visam a expandir e melhorar a qualidade da educação profissional e tecnológica e da aprendizagem, por meio do alinhamento das iniciativas com as demandas do mercado.

Objetivo

O aumento das perspectivas de emprego das/os egressas/os de educação profissional em setores de sustentabilidade da economia brasileira contribui para o desenvolvimento econômico verde, especialmente nos setores da energia renovável, da economia circular, da bioeconomia e da digitalização da economia.

Abordagem

O projeto oferece apoio técnico ao Ministério da Educação (MEC), ao Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IF) para o desenvolvimento da educação profissional e tecnológica baseada em demandas dos setores da economia verde.

A estratégia foca nos ministérios em conjunto com empresas e escolas profissionalizantes. Cursos de formação profissional inovadores são implementados em cooperação com associações empresariais e empresas. O projeto também contribui para a capacitação de gestores/as de escolas e professores/as em temas técnicos e metodológicos para a modernização de seus cursos.

Além disso, o projeto promove o diálogo técnico especializado com o objetivo de incorporar experiências internacionais. Nas áreas relacionadas à economia circular e à bioeconomia, o projeto colabora com a empresa GOPA Worldwide Consultants.

Última atualização: junho de 2022